domingo, 14 de julho de 2019

A quem possa interessar

Oi, é o Kalebe de sempre.

Preciso contar aqui algumas coisas, é fato e não é segredo que sou uma pessoa que tem muita dificuldade em confiar em outras pessoas (confiar, acreditar, ouvir, fazer amizades) seja quem for, homem ou mulher, adulto ou idoso, e isso acaba me afastando de quase tudo, é verdade, sou fechado, sou só eu.

Mas isso não quer dizer que não me relaciono ou que não tenha amizades, é difícil explicar isso, pois para mim TUDO não dura o tempo que deveria, e nem o que mais gosto de fazer tem me trazido alegria, a alegria que tinha antes, eles dizem que a felicidade/alegria pode aquecer o coração de alguém por muito tempo... Não sei e não conheço, o que tenho é sempre instantâneo, alegria instantânea, a maldita felicidade efêmera. 

Isso não vem de agora, ou surgiu tem um mês ou um ano, não, isso vem de muito tempo atrás, do tempo em que garoto ia nas bancas comprar revistas sobre design, mangás e quadrinhos, com dinheiro "emprestado" e fugia da realidade, mas agora eu conheço a real, e depois que se conhece não tem como voltar atrás, porém, não é sobre isso que vim conversar, a verdade é que preciso parar um pouco e me reencontrar, cansei de procurar e caminhando pelas ruas sem motivos tentando entender onde é que fui parar, cadê o Kalebe de antes que acreditava em si mesmo, que sorria quando via o céu azul, ou a noite quando dava adeus ao passado das estrelas, e pela manhã ao sentir o aroma das frutas no quintal se sentia bem, não sei onde fui parar, onde foi que me perdi.

Eu estava com muitas idéias, algumas em andamento que foram parando e aos poucos pararam de vez, me desculpem, fui trabalhando em lugares que não era valorizado, em agências onde o que criava não era meu, já os freelas que peguei, to devendo a mim mesmo postar e criar um portfólio decente, algo que já deveria ter.

A quem possa interessar, a desmotivação não é com a profissão, acontece que eu parei sem querer parar. 

Não vou prolongar e fazer disso algo explicativo demais, já venho adiando esse momento tem um tempo, mas preciso parar um pouco, com tudo.

Vou ficar bem, eu sempre fico.

domingo, 8 de abril de 2018

Falling Up - Jake Mumblejinx!

NEWS: https://thewhitebooks.wixsite.com/thewhitebooks/home/mumblejinx-u-s-a


Finalmente tenho em mãos a graphic novel Falling Up, y eu imaginava que em cada pagina seria uma viagem muito louca, e ver de perto foi mais louco ainda. Todas as formas e cores fazem dessa HQ uma peça de originalidade que não se vê todo dia, e ainda tem a mescla com a arte de rua fazendo dos stickers, que é a nossa expressão de escape, fazendo com que ficasse lado a lado e perfeitamente no contexto de nossas vidas.

São mais de 35 paginas aliadas também com a contribuição de talentos de vários continentes, recheando essa graphic novel com obras de pessoas de vários países, costumes e culturas, com um único propósito, dar voz a nossa comunidade incompreendida.

Meus agradecimentos a Jake Galm que fez possível isso acontecer, e a todos que fizeram parte dessa edição junto comigo! Nos vemos.

Galeria de Jake Galm:

segunda-feira, 26 de março de 2018

camisetas

Duas camisetas nessa ideia piloto, trata-se de uma ideia antiga e não quer dizer que serão assim, fiz apenas para ver como ficariam e tal.

domingo, 5 de novembro de 2017

encapuzado com seu moleton, ele desceu a benjamin constant


Com o semblante ocultado, o andarilho do estradar, de tanto acumular nadas não tem de onde ser, mas acho que esse é o ponto e que má sorte, desceu decidido, injustiçado o vatti puro e verdadeiro em meio a risos e olhares julgadores, chega ao seu destino.

HQ toda escrita e desenhada, mas a vida ah a vida, talvez nunca irá mostrar.

E se vou ficar bem?
Vou, eu sempre fico. arriscando tudo